Eu Assumo Esse Compromisso: atividade promove conscientização sobre segurança do trabalho

01/05/22

Eu Assumo Esse Compromisso: atividade promove conscientização sobre segurança do trabalho

Na semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde e da Segurança no Trabalho, colaboradores das unidades de Juiz de Fora e de Sapucaia foram mobilizados na prevenção a acidentes

Um desafio que parece ser difícil, mas é plenamente possível. Assim o operador de produção da unidade de Sapucaia da Paraibuna Embalagens, Renan Machado da Costa, que também faz parte do grupo dos Agentes da Comunicação, definiu o desafio de alcançar os cem dias sem acidentes após passar pelo encontro do programa “Fala”, realizado em edição especial onde foi apresentado a campanha “Eu Assumo Esse Compromisso”. A atividade foi realizada no dia 28 de abril e buscou o engajamento da liderança, cipeiros e agentes da comunicação na promoção de uma empresa cada vez mais segura para todos.

A data da ação não foi sem motivo. A semana teve como data simbólica o Dia Mundial da Saúde e da Segurança no Trabalho, na quinta-feira (28). A celebração, que é realizada há mais de 50 anos, foi inspiração para as ações que atingiram todos os setores da Paraibuna Embalagens em Juiz de Fora e os colaboradores da unidade de Sapucaia. 

O encontro teve momentos de diálogo, vídeo e dinâmicas, além da apresentação da campanha, todas atividades conduzidas pelo time da Segurança do Trabalho. As ações tiveram o intuito de envolver todos no objetivo de alcançar os cem dias sem acidentes, diminuir as taxas de frequência de acidentes de trabalho e de gravidade, além de melhorar a eficiência das plantas.

A iniciativa não é pontual. Dentro do compromisso da Paraibuna Embalagens com o respeito à vida em todo o ecossistema das unidades, outras atividades com a finalidade de conscientizar os colaboradores sobre a prevenção a acidentes ainda acontecerão durante os próximos meses. A ideia é estabelecer a cultura de segurança dentro do ambiente de trabalho. 

“A Paraibuna faz esses treinamentos de maneira contínua. A segurança é algo rotineiro na empresa, assim que encaramos”, afirma o diretor da unidade de Sapucaia, Atala Trepichio, sobre os estímulos para o aumento da prevenção a acidentes entre os colaboradores. “Todos os nossos colaboradores conhecem e sabem do cuidado que a Paraibuna Embalagens tem com relação à segurança”.

Trabalho em equipe e compromisso assumido

“Tão ou mais importante que o desejo de mudar é o comprometimento com a mudança”, diz uma das frases mostradas durante a atividade. O trecho, de autoria da escritora brasileira Eliana Sicsú, expressa a ideia de trabalho conjunto que a campanha para a promoção da segurança passa para os colaboradores.

Durante o encontro, este time assistiu o vídeo A toca e participaram de uma dinâmica que conduziu-os para a reflexão sobre a importância do trabalho em equipe. Na “dinâmica do pântano”, foram criados grupos que precisavam atuar em conjunto para atravessar o pântano no menor tempo possível, cuidando um dos outros, sem deixar qualquer colega para trás.

“Nós vimos que individualmente não vamos chegar no objetivo, precisamos da equipe toda envolvida”, analisa o supervisor de produção na unidade de Juiz de Fora, André Nascimento. “A dinâmica nos fez refletir sobre a importância do trabalho em equipe, sobre o cuidar de si e do outro, afinal só conseguiremos alcançar o objetivo do desafio dos 100 dias sem acidentes, juntos, foi muito bom”, diz o colaborador, que ainda assumiu o compromisso de passar as reflexões conferidas no encontro para os colegas.

O comprometimento, como carrega o nome da campanha, também foi assumido no papel. Todos os participantes das atividades, ao final da ação, assinaram um termo de compromisso simbólico para mostrar o engajamento com a campanha. Os participantes do encontro ainda receberam um presente especial: uma planta para simbolizar a necessidade de cuidado contínuo para florescer um ambiente mais seguro dentro das unidades da Paraibuna Embalagens.

“O que importa é a boa vontade em querer fazer e a união”

Após os momentos de aprendizados e de reflexões como um time, a sensação de união foi passada para quem trabalha todos os dias e assumiu o compromisso de não “baixar a guarda”. Esse foi o recado final para o operador de produção Renan Machado da Costa. “Foi um desafio que mostrou que o que importa é a boa vontade em querer fazer e a união. Tivemos que elaborar ideias juntos e mostramos que segurança do trabalho não é uma coisa que tem a ver só com o técnico de segurança ou só com o engenheiro, tem a ver com todo mundo, a forma como nos comportamos e realizamos nossas atividades. Eu acredito que é possível alcançar os cem dias sem acidentes e que, na verdade, além de possível, a gente consegue ultrapassar esta marca”.

A colaboradora Gabriela Pereira Barbosa, que é inspetora de qualidade e integra o time de Cipeiros na unidade de Juiz de Fora, também tirou ensinamentos valiosos deste encontro. “As atividades mostraram como as coisas podem ser feitas melhor quando se tem planejamento, percepção de risco e trabalho em equipe e são atitudes que devemos ter dentro da Paraibuna Embalagens”.

O encontro com parte dos colaboradores foi apenas o início da campanha. Como, para garantir maior segurança no cotidiano de operação, é necessário o trabalho em equipe, a ideia é que os participantes ajudem a mobilizar todos os setores e cada colaborador. Para isso, o time da segurança do trabalho, as lideranças das diversas áreas, os Cipeiros e os agentes de comunicação estão multiplicando o conhecimento adquirido no encontro do “Fala” para todo o time da Paraibuna Embalagens, no setor em que eles atuam, tornando ainda mais concreto o compromisso de cada um com a segurança do trabalho nesta nova etapa da campanha. 

A ideia é chegar ao cotidiano de trabalho de cada integrante do time Paraibuna Embalagens para conscientizar sobre a necessidade de priorizar a segurança na atuação diária e estimular a reflexão sobre a importância de estabelecer um ecossistema mais seguro dentro da empresa. Afinal, o compromisso de diminuir o risco das atividades está no dia a dia de trabalho e nas atitudes de cada colaborador.

 

Notícias Relacionadas