Cases sobre a presença feminina na Paraibuna Embalagens são tema de palestra no SENAI

24/03/22

Cases sobre a presença feminina na Paraibuna Embalagens são tema de palestra no SENAI

Completando as celebrações do Mês da Mulher, algumas das integrantes do time feminino da Paraibuna Embalagens foram convidadas pela Firjan/SENAI de Três Rios (RJ) para falar sobre a mulher no mercado de trabalho. A palestra, cujo tema foi “Diversidade e Inclusão: Participação das Mulheres no Mercado do Trabalho”, fez parte do PSAI, Programa SENAI de Ações Inclusivas, que visa mostrar aos estudantes tanto do Novo Ensino Médio quanto dos cursos técnicos, como é a realidade dentro das empresas, principalmente aquelas ligadas ao ramo da indústria.

O pedagogo da Firjan/SENAI, Felipe Batista, explica que o percentual de mulheres nas turmas voltadas para a formação profissional para este segmento na instituição tem aumentado bastante, chegando a uma média de 40%. “Já tivemos turmas que esta divisão esteve entre 60% e 70%. No passado, o máximo que observamos foi de 15%. Inclusive, muitas nos perguntavam se podiam fazer os cursos. Hoje, felizmente, não escutamos mais essa pergunta. Isto tem sido muito interessante”, comenta.

E para mostrar como esta realidade também se reflete no mercado, o pedagogo destaca que o grande motivador deste encontro foi trazer aos alunos exemplos de inclusão e diversidade. “A Paraibuna Embalagens tem realizado um movimento muito forte em relação à inserção das mulheres no mercado de trabalho. Para os alunos, este olhar é fantástico, pois quando o exemplo está dentro da empresa e ela fala sobre isto, há um peso ainda maior na formação deles”.

Para a gerente de Operações Administrativas da Paraibuna Embalagens, Rita Rievert, poder apresentar cases da empresa envolvendo mulheres e dividir essas experiências com os jovens é algo gratificante. “A Paraibuna Embalagens tem a Firjan/SENAI como uma grande parceira. É muito importante para nós estarmos presentes nestes eventos para apresentar aos jovens informações que podem fazer a diferença para a formação deles. Por outro lado, ficamos honrados  por saber que o SENAI, uma instituição tão reconhecida, enxerga a Paraibuna Embalagens não só como uma parceira, mas também como uma empresa de referência”, pontua.

Time feminino relembra trajetória e cases da empresa 

A primeira representante do time feminino da Paraibuna a conversar com os estudantes foi Rita Rievert. Ela relembrou sobre sua trajetória profissional, os desafios que enfrentou ao longo de sua carreira, trouxe dados sobre a mulher no mercado de trabalho e deu dicas de como os estudantes, sobretudo as meninas, podem conquistar o seu espaço dentro de empresas de qualquer segmento, especialmente na indústria. “É importante mostrar a eles que quando uma empresa investe na diversidade de gênero, ela chega a resultados diversos, o que é ótimo para o seu crescimento e desenvolvimento”, observa.

Na sequência, a analista de Gestão de Pessoas da unidade em Sapucaia, Camile Zanatta, relatou sobre os acontecimentos de sua carreira e apresentou cases de sucesso da Paraibuna Embalagens, tais como: o curso de empilhadeira exclusivo para as mulheres, a inserção delas na empresa e o aumento de meninas nas turmas de aprendizes. “Os cases permitem aos jovens ter acesso a referências concretas do que está acontecendo no mercado de trabalho e perceber como a Paraibuna é uma empresa ativa neste processo. Quando damos exemplos de mulheres da comunidade que foram capacitadas e que tiveram oportunidades, elas se tornam uma inspiração. E esta inspiração eles podem levar para a vida ou para dentro de casa”. 

Encerrando o evento, a analista de Comunicação e Marketing da Paraibuna, Ledislaine Assis, destacou pontos importantes de sua jornada profissional, entrelaçando-os ao trabalho que vem realizando na empresa para construir narrativas que colocam os colaboradores como protagonistas e se sentem parte integrante do time. 

“A forma como nos comunicamos vem sofrendo drásticas mudanças e a Paraibuna Embalagens vem acompanhando essa onda. Nosso foco é comunicar “com as pessoas” e não mais “para as pessoas”. Os consumidores, assim como os colaboradores, querem se conectar com empresas cujos propósitos estejam alinhados aos deles. Querem contribuir ativamente para um futuro melhor para todos. Aqui na Paraibuna nossos passos estão na direção de garantir o futuro reciclando o presente. Mais do que uma missão como água, nós bebemos dessa fonte diariamente. Acreditamos no poder da mudança por meio da diversidade, da inclusão e da reciclagem. Compartilhar tudo isso com esses jovens e ver o brilho nos olhos deles foi emocionante”, revela.

Estudantes ampliam o olhar sobre a mulher no mercado 

A palestra realizada por este time da Paraibuna Embalagens foi ministrada para uma turma de aproximadamente 120 alunos. Entre eles estava a estudante Sara Coutinho, que se surpreendeu com os dados e os cenários apresentados durante o encontro. “Pude ver realmente que as mulheres estão evoluindo, mas muito ainda precisa ser feito. Quero poder fazer diferente do exemplo que tenho dentro de casa: minha mãe terminou o Ensino Médio, mas meu pai não. Meu pai trabalha e minha mãe não. Isso é muito presente na minha vida e na minha família, por isso, quero mudar a minha realidade”.

Já o estudante Kaio da Cunha, enxergou na palestra uma oportunidade para mudar esta realidade assim que iniciar a sua carreira. “Nós, homens, podemos estar junto das mulheres para alterar esta realidade. Todos nós, juntos, podemos fazer melhor, mudar tudo que vai acontecer daqui pra frente. Por outro lado, foi legal saber que a Paraibuna é uma empresa que preza pela mulher e está sempre buscando pela igualdade”. 

Notícias Relacionadas