Paraibuna Embalagens promove treinamentos em prol da segurança de seus colaboradores:

02/03/22

Paraibuna Embalagens promove treinamentos em prol da segurança de seus colaboradores:

Atuar para que o time esteja afinado perante as normas de segurança e saúde do trabalho é um dos propósitos da Paraibuna Embalagens, afinal, o respeito à vida e a estimulação do aprendizado são parte integrante dos valores da empresa. Deste modo, mais de 100 colaboradores participaram recentemente de um treinamento sobre Análise Preliminar de Risco (APR) e Permissão de Trabalho (PT).

Dentro da indústria, a APR é um documento de extrema importância que precisa ser preenchido corretamente para proteger os colaboradores e reduzir o número de incidentes que podem ocorrer durante a realização das atividades. Já a PT tem como objetivo atestar que o local é seguro para a realização de um trabalho em específico. As informações contidas nestes documentos têm como base nas normas reguladoras instituídas pelo Ministério do Trabalho.

“Estes formulários precisam ser preenchidos antes da realização de qualquer atividade de risco, seja ela diária ou não rotineira. Logo, o intuito desse treinamento foi ampliar a análise crítica dos colaboradores sobre os riscos para realizarem um melhor mapeamento das atividades e poder mitigar todas as ocorrências possíveis”, explica a engenheira de Segurança do Trabalho em Juiz de Fora, Samantha Silva.

Na unidade em Sapucaia, a técnica em segurança do trabalho, Yasmin Gregório, conta que o treinamento de APR e PT foi importante para definir algumas estratégias na execução segura das atividades e, também, para nivelar o conhecimento da equipe. “Conseguimos levantar muitos pontos, tirar dúvidas e ampliar a percepção de riscos como um todo. A equipe interagiu bastante e já foi possível observar mudanças, como a redução de erros no preenchimento dos documentos e um aumento no senso crítico ao executar as atividades”.

Time aprova o treinamento 

Por parte dos colaboradores, o treinamento veio na hora certa. O técnico em mecânica da unidade em Sapucaia, Lucas Cruz, destaca que a capacitação aumentou a percepção da equipe sobre a análise de risco nos mais diversos setores da fábrica. “Isto nos ajudou a expandir as possibilidades em avaliar e detalhar melhor os riscos inerentes às funções e aos locais onde elas são executadas. Foi possível perceber riscos que antes se tornavam implícitos. Temos conseguido realizar nossas atividades com maior e melhor acompanhamento do setor de segurança”.

Já Edimar Alfredo Barbosa, soldador na unidade de Juiz de Fora, os conhecimentos repassados durante o treinamento foram importantes para que a equipe pudesse ficar mais alinhada às diretrizes da segurança do trabalho. “Os conhecimentos repassados durante a capacitação facilitaram bastante para a equipe a maneira na qual os formulários precisam ser preenchidos. Conseguimos tirar dúvidas e ficar mais atentos aos detalhes que envolvem todo o trabalho.”

Notícias Relacionadas