Mais uma edição do curso de empilhadeira exclusivo para mulheres concluída.

17/01/22

Mais uma edição do curso de empilhadeira exclusivo para mulheres concluída.

Mais um grupo do curso de empilhadeira exclusivo para mulheres recebeu o diploma de conclusão, na Paraibuna Embalagens, unidade de Sapucaia. Essa é a terceira edição da capacitação que é totalmente gratuita.

Layane Cardoso Ferreira, que também foi jovem aprendiz na empresa, foi uma das formandas do curso. Segundo ela, tudo começou com a admiração pelas mulheres que desempenham a função, até então, considerada exclusiva do público masculino. “Estava nos meus planos um dia conseguir fazer esse curso e quando a Paraibuna Embalagens ofertou de forma gratuita, não pensei duas vezes em me inscrever.  Foi algo totalmente diferente do que eu estava acostumada e desafiador, também. Foi uma experiência única. O curso é de ótima qualidade com um professor incrível e superpaciente. Eu espero que eles consigam oferecer esses tipos de cursos para mais pessoas, porque é muito importante para o desenvolvimento pessoal”, disse.

Em todas as edições do curso, que é oferecido desde o ano de 2020, já houve a contração de alunas para fazerem parte do time. “A empresa decidiu criar esse curso baseada em experiência de outra empresa que verificou que mulheres são muito mais zelosas e cuidadosa com os equipamentos e com a operação diária. Quando começamos a procurar vimos que na cidade não tinha essas profissionais, foi então que começamos a oferecer a capacitação e todas que podem entrar para o time, são contratadas. Inserir mulheres na Paraibuna Embalagens é muito importante. Hoje temos cerca de 500 funcionários, na unidade de Sapucaia, e desses, quase 200 são mulheres”, disse Atala Trepichio, Diretor da Unidade de Ondulados da Paraibuna Embalagens.

Paulo Sergio Vicente, Técnico de segurança do Trabalho, da Firjan e instrutor do curso, afirma que é gratificante ver o desempenho das alunas e a evolução delas no decorrer da capacitação. “Elas se dedicaram ao máximo e foi muito gratificante ao final do curso ouvir das alunas a seguinte frase: “professor eu pensei em desistir no primeiro dia, mas hoje, ao terminar o curso, entendo o porquê de tantas regras e cobrança”. As alunas iniciam o curso sem nunca ter visto o equipamento e, meses depois quando retorno à empresa, as vejo fazendo parte da organização como operadora de empilhadeira e elas me agradecem com um sorriso”, afirmou.

Para Roberta Santos da Silva, Pedagoga da Firjan, do SENAI de Três Rios, ações como essa desenvolvida pela Paraibuna Embalagens caracterizam-se como ações de responsabilidade social de fundamental importância na vida das pessoas. “A oportunidade de participar desse movimento, pode despertar desejos ainda maiores e abrir possibilidades antes inimagináveis. É uma demonstração efetiva da preocupação que a empresa tem com a qualificação das pessoas e transformação do local onde está inserida. Uma iniciativa como essa, que olha para fora dos portões da empresa, pensa seu entorno e as possibilidades de melhoria contínua, certamente está pensando em um mundo melhor para todos”, concluiu.

Notícias Relacionadas