Paraibuna Embalagens oferece oficinas para a promoção da economia circular e geração de renda.

19/12/21

Paraibuna Embalagens oferece oficinas para a promoção da economia circular e geração de renda.

A Paraibuna Embalagens, através de seu projeto social, Embalando Bem, vem desenvolvendo um trabalho social junto a mulheres das comunidades do entorno das unidades fabris, bem como familiares dos colaboradores, visando a promoção da economia circular, a geração de renda e o empreendedorismo.

Neste ano, desde de junho, já foram realizadas cinco oficinas, nas duas unidades, com a participação de cerca de 150 mulheres.  “A gente tem percebido que a cada dia cresce o número de pessoas interessadas em participar. Na última oficina, em menos de 12 horas, a turma já estava completa. Tem sido um prazer muito grande trabalhar com essas mulheres nesses projetos”, disse Érica Cazal, Assistente Social do Projeto Embalando Bem, da Paraibuna Embalagens.  As duas últimas oficinas foram de enfeites natalinos. Em Sapucaia, as participantes aprenderam a fazer uma casinha de feltro e em Juiz de Fora, uma guirlanda. Todo material é oferecido pela empresa e as mulheres levam seus produtos e os moldes para poder fazer e até comercializar os produtos. “Tem sido muito gratificante ver uma chamando a outra. Tivemos até fila de espera nessa última, por isso queremos fazer mais duas antes do natal. Queremos criar essa conexão e empoderar essas mulheres. E para o próximo ano estamos organizando uma feira para mostrar tudo que elas têm desenvolvido”, disse Fernanda Rocha, Coordenadora e Meio Ambiente da Paraibuna Embalagens.

Silvana participou da oficina de natal, em Sapaucia. Ela disse que foi a primeira vez que participou de uma capacitação e que ficou maravilhada. “Quando minha irmã me chamou, eu hesitei um pouco, mas depois aceitei e fiquei muito feliz por ter ido, não só por aprender algo diferente, como, também, por interagir com outras pessoas. Agradeço muito a Paraibuna Embalagens por essa oportunidade”, disse Silvana Andrade da cunha

Já Áurea participou de todas as oficinas e disse que esses encontros funcionam como uma terapia para ela. “Eu gosto de conhecer pessoas novas e fazer amigos. É muito bom participar. E vou presentear meus filhos e amigos com as lindas guirlandas que aprendi a fazer. Gosto de passar pelas portas e ver pendurado o enfeite que fiz com tanto carinho”, afirmou Áurea Penha Martins.

Além dessa oficina de natal o Projeto Social Embalando o Bem já realizou, oficina de tapetes feitos com retalhos de tecido; oficina de sabão ecológico; oficina de enfeite de porta, feitos com papelão ondulado e oficina de decoração de caneta com retalho de tecido. “O projeto Embalando o Bem nasceu com a proposta de estar perto e junto das comunidades e pessoas nas cidades em que temos unidades. Nós acreditamos que o fortalecimento dessas pessoas é de suma importância para todos. Queremos mais que gerar empregos nessas regiões, queremos ser agentes de transformação dessas comunidades por meio do apoio e da contribuição em diferentes setores, seja em escolas, lar de idosos, APAE, creches, grupos, etc”, afirma Regina Novais, responsável pelo projeto Embalando Bem.

 

Notícias Relacionadas