Corrente do bem em prol dos profissionais de eventos e turismo de Juiz de Fora.

26/05/21

Corrente do bem em prol dos profissionais de eventos e turismo de Juiz de Fora.

A Paraibuna Embalagens encabeça uma corrente do bem composta por empresas da cidade com objetivo de fazer a recolocação no mercado de trabalho de profissionais dos setores de evento e turismo de Juiz de Fora.

A iniciativa é uma continuidade do apoio que a Paraibuna Embalagens deu ao SOS Turismos, projeto da Secretaria de Turismo de Juiz de Fora, em parceria com Programa Mesa Brasil, do SESC, quando doou, no início do mês, cestas básicas e caixas de papelão, que foram repassadas famílias em vulnerabilidade cadastradas neste programa. Nós fizemos a doação e em conversa com o Marcelo do Carmo, da Secretaria de Turismo, soubemos que havia um banco de talentos desses profissionais e de imediato nos disponibilizamos a fazer entrevistas e a inseri-los nos processos seletivos na empresa. Já estamos convocando alguns e compartilhando com outras empresas para que possam avaliar, também”, Samuel Miquelito, Coordenador de gestão de pessoas da Paraibuna Embalagens.

O cadastro é composto por mais de 200 pessoas. Segundo a Secretaria de Turismo de Juiz de Fora, a maior parte é de mulheres, com famílias numerosas, que moram em casa alugada, sem vínculo com emprego formal e nenhum apoio de programas federais. A gente começou a mapear esse banco de currículos e como são muitas pessoas, certamente, não vamos conseguir contratar em um curto espaço de tempo, por isso, como eu faço parte de um grupo de gestores de RH e de empresas do Distrito Industrial, falei da inciativa para eles e pedi que, caso tivessem a oportunidade de contratação, que me procurassem. E tivemos uma grata surpresa por que vários pediram esse banco de currículo. Muitos estavam com vagas, até mesmo na área de turismo, hotelaria, bares, restaurantes e outras empresa que tinha contratação em aberto, que não exigem um grau de experiência significativa na função, também, buscaram esse banco de profissionais, formando, então, essa corrente do bem”, disse Rita Rievert, Gestora do Setor de Gestão de Pessoas da Paraibuna Embalagens.

O Programa SOS Turismo visa atender aos profissionais de eventos e turismo que estão com suas atividades 100% paralisadas desde o início da pandemia, como garçons, recepcionistas, cerimonialista, fritadeiras, salgadeiras, etc. “A gente fez e está fazendo uma série de ações no Programa SOS Turismo, mas, no meu entendimento, essa ação, e espero dê resultado, é a mais importante. Eu só consigo ver benefícios efetivos e duradouros tirando as pessoas da informalidade, com todos os direitos trabalhistas garantidos e outros benefícios que vão além da remuneração financeira. Se a gente consegue isso, no meu entendimento, efetivamente, cumprimos o nosso papel. Cesta básica é importante e temos relatos de pessoas que ao receberem ficaram muito emocionadas, mas elas acabam. Agora, você inserir as pessoas no mercado oficialmente, eu acredito que esse é o maior avanço. Essa iniciativa comprova o compromisso de empresa cidadão da Paraibuna Embalagens”, concluiu Marcelo Carmo, Secretario de Turismo de Juiz de fora.

Notícias Relacionadas